sábado, 29 de novembro de 2014

MÊS DAS CRIANÇAS (INDICAÇÃO DO FILME: VALENTE)


      O filme nos remete a como uma princesa no mundo deve se portar, logo no começo do filme a princesa Merida é obrigada pela mãe a participar da solenidade de escolha do seu futuro noivo e o qual ela é totalmente contra e a sua relação com a mãe é abalada e com que faz que Merida se revolte contra ela e vai em busca do seu destino.
       A Parceria da Disney com a Pixar mais uma vez funciona ao mostrar uma princesa totalmente diferente das quais estamos habituados a ver, uma princesa valente, com garra, coragem e atitude com cabelos totalmente cacheados e vermelhos, nesse ponto eles souberam inovar e trazer algo novo a animação com muitos efeitos, visual deslumbrante e encantador, a Bruxa é realmente muito engraçada e ela roubou as cenas do filme ao mostrar uma bruxa caricata e engraçada que faz um encanto para a princesa, pontos também para os candidatos a príncipes da Princesa Merida que é um mais engraçado que o outro, ficando claro ali que nenhum deles era o candidato ideal a se envolver com Merida, mas nos rendendo ótimas sequências cativantes e divertidas. E o que são os tri-gêmeos fofos da Rainha Elinor, nem precisaram ter falas para serem compreendidos e eles realmente mereciam ainda mais destaque do que tiveram de tão legais e incríveis, meninos tão pequenos mas tão comilões, eles realmente se destacaram, foi uma ótica sacada dos produtores terem criados esses personagens.


      A Animação nos encanta e nos faz rir ao mostrar as peripécias de Merida que ao seguir a luz azul e mágica encontra uma bruxa que faz um encanto a pedido de Merida para impedir que a mãe a obrigue a casar, o que com um simples pedaço de torta o seu destino todo mudaria e ai vemos a relação de mãe e filha mudar após a Rainha Elinor comer a torta e se transformar em um urso e é nesse ponto que o filme vai nos mostrando a relação perigosa e engraçada de uma mãe ursa com a filha e as aventuras para se conseguir a mãe de volta.
      Apesar do título ser valente a princesa Merida não foi tão valente o suficiente como eu pensaria que fosse ao ver os trailers o que não atrapalhou no desenvolvimento da animação , só poderia ter sido melhor desenvolvida, o trabalho da Disney/Pixar foi mais uma vez correto e funcional fazendo um filme que agradará não só as crianças, mas também os adultos e nos remetendo a como podemos nos relacionar melhor com nossos pais, a ter coragem e disciplina e acima de tudo amar e dar valor a quem nos ama.


      A animação inovou a não trazer um personagem príncipe para fazer par com a princesa o que já é tradição da Disney nos seus contos de fada e animações anteriores como Enrolados e a Princesa e o Sapo. colocar um príncipe para a Merida não coincidiria com a proposta do filme que na verdade desde o começo era mostrar a relação da mãe com a filha e de como ela poderia viver a sua vida como valente e guerreira. Apesar disso ainda senti falta de um amor para a Princesa Merida o que pode acontecer caso a animação receba um ok para uma continuação o que no fim do filme fica claro um gancho para uma sequência. O que eu torço para que aconteça.

Nota: 9,0

Texto: Alysson Melo
Imagens: Internet 

Nenhum comentário: