domingo, 30 de novembro de 2014

ENTREVISTA DA SEMANA: SITE BAFONIQUE



CLICK WILL: Como surgiu o site Bafonique e como foi escolhido seu nome?
BAFONIQUE: O Bafonique surgiu em Abril de 2011. Em sua origem e tempo de teste, ele não era um site gay. Você entrava no site e encontrava notícias sobre viagem, marcas, temas polêmicos, vídeos bombásticos no youtube… Ainda era aquela coisa meio perdida no mundo virtual. Mas, em seus quase 8 meses, o Bafonique foi se tornando gay a cada dia que passava. Eu que não sabia a mínima ideia do que estava fazendo, comecei a me direcionar. Tudo isso por conta de uma pessoa que sabia que o site existia e começou a colocar questões de que meu site era ruim, que não tinha credibilidade, e questionando as próprias pessoas que haviam curtido a ideia. E resolvi apostar no mesmo ramo que essa pessoa me criticou. E por causa dela, o Bafonique foi ganhando cada vez mais visibilidade no mundo gay aqui da cidade. E só temos a crescer daqui para frente. E sobre o nome, eu queria algo que tivesse a palavra BAPHO, e apenas BAPHO não era suficiente. Em uma noite muito louca, surgiu a palavra: Bafonique. Bafonique é algo bapho, muito mais que Bapho. É uma loucura! E fiz uma pesquisa na internet, e não achei nada com esse nome, então, eu vi que esse era o nome certo. (Daniel Beltrão)

CLICK WILL: O Bafonique traz um conteúdo específico para o público GLBT. Quanto tempo ele está presente no mundo virtual e qual o maior objetivo que deseja trazer em suas postagens?
BAFONIQUE: Desde Abril de 2011, como blog. No mês de setembro do mesmo ano, o Bafonique se tornou um site e a partir daí começou a mudar muito. E nosso maior objetivo é valorizar o que nossa terra tem de melhor em relação a cultura LGBT. Temos sede de mostrar livros, vídeos, músicas, eventos que o público tem vontade de saber que existe, mas não sabe que exista ou tem acontecido. O principal objetivo do site é de as pessoas entrarem ali e verem algo que elas possam relaxar, rir, lembrar, chorar, debater com a gente. Hoje o principal foco do site é sobre a Cultura LGBT. (Daniel Beltrão)

CLICK WILL: Nos dias de hoje vemos muitos casos de homofobia. Que mensagem o Bafonique deixa para a sociedade em geral sobre essas atitudes discriminativas?
BAFONIQUE: O site já falou muito sobre esses casos. São um sucesso em sua maioria, dar muita audiência. Mas, desistimos de falar sobre esses casos horríveis que acontecem por aí. Quem acompanha o site, ver que a gente está mais TV, Cinema, Eventos, Música… A gente quer mostrar que o mundo gay é bonito, divertido, legal e as pessoas que evolvem a sigla LGBT são gente como qualquer outra pessoa e são em sua maioria pessoas brilhantes. Mas, sempre que surge uma oportunidade estamos soltando alguma mensagem em luta para diminuir a violência com o LGBT, pois o site vê essa necessidade sempre. Afinal, não só os LGBT acessam o site. Mas, estamos sempre abertos para qualquer campanha que envolva o #NãoHomofobia. (Daniel Beltrão)

CLICK WILL: Analise a seguinte situação: Se por acaso desse uma pane virtual, e só restasse apenas o Bafonique na rede mundial de computadores, que frase o site descreveria como justificativa para que a rede voltasse ao normal?
BAFONIQUE: Não existe coisa melhor do que ir as ruas. Com certeza faríamos algo sobre ir as ruas. Não existe coisa melhor que demonstrar nossa força nas ruas na frente das autoridades. (Daniel Beltrão)

CLICK WILL: Defina a invenção da INTERNET em apenas uma palavra:
BAFONIQUE: Bapho.

CLICK WILL: Quais novidades para 2015, o Bafonique pode adiantar para os internautas?
BAFONIQUE: Todo ano a gente investe em algo diferente. Em 2013 a gente investiu em cobertura fotografia nas principais festas da cidade e em outras localidades como Campina Grande e a Parada Gay de Salvador também. Em 2014 eu resolvi focar na festa do site. Foram mais de um ano de ideias, planos que não deram certo, noites sem dormir… Agora em 2015 vamos investir em material audiovisual que já está sendo preparado. O plano é que logo em JAN o site possa tá soltando. E em 2015 também já está tudo certo para a segunda edição da “Senta Lá Cláudia.” (Daniel Beltrão)

CLICK WILL: Que mensagem de fim de ano o site deixa para o seu público?
BAFONIQUE: Em 2015 vamos continuar lutando por nossos direitos sem tirar o direito de ninguém. Vamos amar mais, beijar mais, viajar mais, cantar mais, vamos aparecer pra sociedade e mostrar que não existe nenhum monstro de 7 cabeças no mundo LGBT. E que a gente possa amar mais, viver mais, lutar mais pela nossa paz, e deixar de carão, pois na vida real não é passarela. (Daniel Beltrão)

CLIQUE AQUI E CONFIRA O SITE BAFONIQUE!

Nenhum comentário: