sábado, 29 de novembro de 2014

19 DE JUNHO – DIA DO CINEMA BRASILEIRO


O INÍCIO DO CINEMA NO MUNDO:

      Tudo iniciou no ano de 1895 quando os irmãos Lumière através de provas científicas, o cinema foi uma descoberta, sendo assim, uma peça fundamental do imaginário coletivo do século XX, tal como fonte de entretenimento ou de divulgação cultural de todos os povos do mundo.

O INÍCIO DO CINEMA NO BRASIL:

      Affonso Segretto, um imigrante italiano que rodou cenas do porto do Rio de Janeiro, tornou-se o nosso primeiro cineasta, isso aconteceu em 1898. A partir de então um grande mercado de entretenimento é criado em torno da capital federal no começo do século XX, quando centenas de filmes de porte pequeno foram produzidos e mostrados para plateias urbanas que, em grande crescimento, demandam lazer e diversão.

FILMES EM DESTAQUES DA DÉCADA DE 30:

- Ganga Bruta (1933) – Do mineiro Humberto Mauro, o longa que fala sobre a crescente sofisticação da linguagem cinematográfica.
- Chanchadas (1933) – Também de Humberto Mauro, foram comédias musicais com cantores populares do rádio e atrizes do teatro de revista, realizadas no estúdio Cinédia. 
- Alô, Alô Brasil (1935) e Alô, Alô Carnaval (1936) – Foram filmes que fizeram sucesso e revelam mitos do cinema nacional, como a cantora Carmen Miranda (símbolo da brejeirice brasileira que, nasceu em Portugal).

FILMES EM DESTAQUES DA DÉCADA DE 60:

       No começo dos anos 60, um grupo de cineastas iniciantes começa a fazer uma série de filmes de forte temática social. Em um período denominado como “Cinema Novo”, novas formas de relatar histórias foram surgindo. Em destaque, o diretor baiano Gláuber Rocha é citado como referência nesse período, o mesmo esteve à frente de filmes como Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964) e O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro (1968), Rocha tornou-se famoso no meio cultural brasileiro, redigindo manifestos e artigos na imprensa, rejeitando o cinema popular das chanchadas e defendendo uma arte inovadora que promovesse verdadeira transformação social e política.

FILMES EM DESTAQUES DA DÉCADA DE 90:

     Após a crise do início dos anos 90, o sistema se reergue gradativamente. Esse período é conhecido como a “retomada” do cinema brasileiro. Em pouco tempo, três filmes são indicados ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro: O Quatrilho (1995), O Que é Isso, Companheiro (1997) e Central do Brasil (1998), também vencedor do Urso de Ouro do Festival de Berlim. Nomes como Walter Salles, diretor de Terra Estrangeira (1993) e Central do Brasil e Carla Camuratti, diretora de Carlota Joaquina, Princesa do Brazil (1995) ficaram famosos perante o público, atraindo milhões de espectadores para os cinemas.

- CARTAZES DE DESTAQUE -




      Diante dessa breve trajetória, observa-se que após mais de cem anos dos irmãos Lumière, o cinema brasileiro tem muito o que agradecer. As novas produções, proporcionam para o público a interação de novas formas de ver a vida. Histórias que se entrelaçam e que possuem apenas um único objetivo, levar o entretenimento à todas as pessoas, sem distinguir, raça ou credo. Parabéns cinema brasileiro!

Texto: Adaptado por Alysson Melo
Imagens: Internet


Nenhum comentário: